• Robson Perez de Oliveira Junior

Apaixone-se pelo problema e não pela solução!



1- Primeiramente deve-se reconhecer o problema


Quando um problema surge, a primeira coisa que você deve fazer é identificar se ele impacta e envolve diferentes áreas.



2 - Após o reconhecimento, realiza-se o diagnóstico do problema


Ao identificar o problema e antes de buscar soluções para resolvê-lo, você deve explorar esse desafio nas suas nuances. Ou seja, é preciso procurar opiniões de especialistas das áreas envolvidas e entender como o problema identificado pode gerar impacto nos serviços públicos e nos cidadãos.



3 - Agora crie e experimente as soluções


Tendo em vista que problemas complexos ou capciosos mudam com o tempo e à medida que tentamos resolvê-los, crie e experimente soluções, pesquisando e aprimorando-as continuamente. Garantir a colaborações e parcerias entre diferentes áreas também é muito importante nesse passo.



4 - Depois de testadas, implante a solução mais adequada


Depois de testar as soluções, você deve escalar a de maior viabilidade e impacto e implantá-la para solucionar o seu desafio.



5 -Não esqueça de monitorar os impactos da solução


Você está lidando com problemas que possuem um comportamento não-linear e podem mudar com o tempo. Por isso, é importante que, depois da implantação, haja um acompanhamento: Ouça pessoas impactadas e faça um diagnóstico a partir dos resultados. Assim você pode aprimorar continuamente essa solução e evitar que o desafio ressurja.


Aproveite os livros liberados que abordam os principais caminhos para a inovação

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo